(Foto: Ederson Casartelli/Brasil247)

O ex-deputado sugere que o saque a um supermercado no Rio no final de semana possa ter sido orquestrado por milicianos a mando de Bolsonaro

 

 O ex-deputado federal Wadih Damous afirmou pelo Twitter neste domingo (17) que saques a supermercados e ações similares devem se repetir até as eleições presidenciais, “com clamores por intervenção militar”.

Ele sugeriu que o saque a um supermercado no Rio de Janeiro na noite de sábado (16) tenha sido orquestrado por milicianos a mando de Jair Bolsonaro (PL).

“O saque a supermercado no Rio pode ser a consequência da fome que grassa no país. Ou pode ser resultado de ação orquestrada por milicianos a soldo do bolsonarismo. Daqui pra frente, até as eleições, acho que isso vai se repetir pelo país com clamores de intervenção militar”, escreveu.