Participantes do “Fórum da Liberdade” na PUC-RS, em sua maioria apoiadores do ex-juiz, responderam aos manifestantes com gritos contra o ex-presidente Lula

Protesto contra Moro na PUC-RS.
Créditos: Reprodução/Twitter
Ivan Longo

O ex-juiz Sergio Moro (União Brasil) voltou a ser alvo de protestos nesta terça-feira (12). Desta vez, a manifestação, encampada por militantes de esquerda, se deu na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS), em Porto Alegre, pouco antes do evento “Fórum da Liberdade”, que contou com a participação do ex-magistrado.

Pouco antes da chegada de Moro, os manifestantes ergueram placas de protesto e gritaram “juiz ladrão, porrada é solução”. Participantes do Fórum, em sua maioria apoiadores de Moro, por sua vez, responderam aos militantes de esquerda com gritos de “Lula ladrão, seu lugar é na prisão”.

Assista

 

Apesar dos protestos, não foram registrados incidentes mais graves e a participação de Moro no evento de cunho liberal se sucedeu de maneira tranquila. Ele participou de um debate com com o pré-candidato à presidência pelo partido Novo, Felipe D’Ávila.