GABRIEL VAQUER, colunista

vaquer@noticiasdatv.com

Galvão Bueno terá dois focos a partir de 2023: redes sociais e publicidade. O narrador, que deixará de ter contrato fixo e sairá da Globo em dezembro, planeja usar a alta popularidade que ganhou nas últimas quatro décadas para dar uma desacelerada na rotina e ganhar dinheiro. A porta da emissora está aberta para projetos futuros, mas no modelo que já é adotado na dramaturgia –uma espécie de contrato “por obra”.

Seu último trabalho como funcionário da Globo será a Copa do Mundo do Catar, realizada a partir de novembro. Galvão não pretende mais narrar na TV e deu a palavra para a emissora de que não assinará com a concorrência para a mesma função. Caso mude de ideia no futuro, a empresa que foi sua casa durante 41 anos tem prioridade.

LUA DE MEL

No BBB 22, Gustavo alfineta Lucas e Eslô por fugirem de paredão: ‘Casal Disney’

Segundo apurou o Notícias da TV com executivos do Esporte da emissora, o narrador até desejava manter o modelo atual de contrato com a Globo, mas mudou de ideia após conversas com a cúpula. O núcleo esportivo está em período de renovação de pessoal –as contratações de Gustavo Villani e Everaldo Marques são exemplos dessa mudança.

Galvão deseja ter mais liberdade para escolher seus trabalhos, algo que a Globo não proporciona mais em seu novo modelo de negócios. A conversa foi madura e portas abertas foram deixadas para o futuro próximo.

O anúncio feito pela sua página no Twitter nesta quinta (24), no entanto, causou espanto. Inicialmente, era para a saída ser divulgada em nota oficial e em uma entrevista para o jornal O Globo. No entanto, Galvão fez a divulgação de Brasil x Chile pelas Eliminatórias e quis expor a situação ao seu modo, o que causou ruído internamente, segundo pessoas ouvidas pela coluna.

O narrador aposta principalmente na grande aceitação que ele já tem nas redes sociais para essa nova fase da carreira. Na soma de Twitter, TikTok e Instagram, são mais de 5 milhões de seguidores. Além disso, por ser uma figura extremamente popular por quem não está nas redes sociais. Investir nele para anunciar um produto é um negócio com retorno certo.

E o futuro da Globo sem Galvão?

Na Globo, a saída de Galvão Bueno dos jogos da Seleção Brasileira abre uma vaga que tinha dono desde 1986. Quem vai narrar o Brasil nas Eliminatórias da Copa do Mundo e no Mundial de 2026? A situação só será definida mais para frente, mas fontes no Esporte da Globo apontam para Luis Roberto.

O narrador de 61 anos vive um auge de popularidade com o público e já substituiu o titular em outras transmissões de Seleção, além de fazer a maioria das partidas de clubes em grandes eventos. Foi Roberto quem comandou a Supercopa do Brasil deste ano entre Flamengo e Atlético Mineiro. Até então, era uma tradição ter apenas Galvão neste evento.

Nos grandes eventos, emissora e narrador vão conversar para acertar possíveis participações em quadros especiais ou mesmo como apresentador. É o caso dos Jogos Olímpicos de Paris, em 2024, que Galvão prometeu em entrevista ao Notícias da TV estar de qualquer forma –seja na Globo ou fora dela.