.

Divisão de cadeiras no comando da federação partidária discutida por PT, PSB, PCdoB e PV atende à proporção de deputados federais que cada partido possui

Empenhados na construção de uma federação partidária para disputar as eleições de outubro, PT, PSB, PCdoB e PV definiram nesta quarta-feira (26) como será dividido o comando a da nova organização. Por ser a maior força na Câmara dos Deputados, o PT terá a maioria da Assembleia Geral da federação.

Os dirigentes dos 4 partidos se reuniram nesta quarta em Brasília para definir a composição da Assembleia Geral, que irá comandar a nova organização, ainda sem nome definido. Os presidentes das legendas realizaram uma coletiva de imprensa após o encontro.

Foi definido que o PT terá 27 cadeiras no organismo, que será formado por 50 membros. Com isso, o partido de Lula terá maioria na federação. O PSB contará com 15 assembleístas, enquanto PCdoB e PV terão 4 cada.

A distribuição atende ao número de deputados federais de cada partido. O PT tem 53, PSB é representado por 30, PCdoB por 8 e PV por 4. No total, são 95 parlamentares.