Instituto Teológico Cristo para Todos foi aberto pelo pastor Gilmar Santos no dia 8 de março, em Goiás

247 – O pastor Gilmar Santos, acusado de integrar um gabinete paralelo responsável por indicar municípios que seriam beneficiados com recursos do Ministério da Educação, deu entrada em um processo para abertura de uma faculdade há apenas duas semanas. De acordo com o jornal O Globo, o contrato social da empresa aponta que a Faculdade ITCT (Instituto Teológico Cristo para Todos) foi aberta em Goiás no dia 8 de março e recebeu um investimento de R$ 100 mil por parte de Gilmar.

Gilmar Santos é apontado como um lobista que atuava no MEC para ajudar prefeitos a conseguir liberação de recursos públicos e Arilton Moura, homem de confiança do pastor, é citado por prefeitos como um dos intermediadores para a liberação dos recursos mediante a cobrança de propinas.

Ainda segundo a reportagem, “a primeira publicação na página da entidade é de junho de 2021 e, desde então, há o registro de que duas turmas já teriam sido abertas para o ‘Curso Básico em Teologia’ e o instituto diz que é uma ‘reconhecida instituição teológica com tradição na formação de líderes’.

As inscrições seriam feitas pelo site oficial do pastor. O curso, com duração de um ano, cobra dos alunos uma mensalidade de R$ 69,90. “O documento indica que o estabelecimento de ensino oferecerá cursos de graduação, além de outras atividades de ensino não especificadas. O endereço apontado por Gilmar é o mesmo de sua igreja e de outras empresas em seu nome”, destaca a reportagem.