Pessoas visitam a seção de serviços de telecomunicação 5G na Feira Internacional de Comércio de Serviços da China em Beijing, capital da China, em 5 de setembro de 2020. (Xinhua/Zhang Chenlin)

Hangzhou,  O número de conexões móveis 5G na China deverá chegar a mais de 830 milhões até o final de 2025, o maior do mundo, disse John Hoffman, CEO da GSMA Ltd., uma associação internacional de operadoras móveis.

“O 5G será responsável por mais de um quinto do total das conexões móveis até o fim de 2025, equivalente a quase 2 bilhões de conexões”, disse Hoffman. Ele fez um discurso via videoconferência na Cúpula de Wuzhen da Conferência Mundial da InternC, que foi inaugurada no domingo em Wuzhen, Província de Zhejiang, leste da China.

“A comercialização 5G está bem encaminhada, já que as redes e serviços 5G alcançam mais consumidores e empresas em todo o mundo”, disse ele, acrescentando que o governo chinês trata a implantação do 5G como uma prioridade e apoiou os esforços ativos de implantação da rede da indústria.

Descrevendo a penetração do 5G como um impulsionador significativo do crescimento, Hoffman espera que as operadoras móveis em todo o mundo invistam US$ 900 bilhões entre 2021 e 2025, com 80% sendo no 5G.

Hoffman também observou que o 5G está permitindo que empresas e governos mudem a sociedade e impactem vidas.