Classificação significa ficar perto da fase de grupos, ter dinheiro garantido e pelo menos participar de outra competição internacional

por: SBT Sports 

O Fluminense inicia sua participação na Libertadores da América de 2022 nesta terça-feira (22), às 21h30, diante do Millonarios, na Colômbia, com transmissão ao vivo do SBT a partir das 21h15. A classificação ainda não garante um lugar na fase de grupos, já que terá outro mata-mata até lá, mas há muita coisa em jogo.

A principal e mais óbvia garantia da classificação é a continuidade na competição: quem sonha com os grupos deve ter sucesso nos desafios que o antecedem. Após a atual fase 2, as equipes que avançarem vão se enfrentar no último duelo eliminatório antes da fase de grupos.

Financeiramente, passar da segunda fase representa US$ 1,1 milhão garantido (cerca de R$ 5,61 milhões). Além dos US$ 500 mil (cerca de R$ 2,55 milhões) já certos pela segunda fase, mais US$ 600 mil (cerca de R$ 3 milhões) serão garantidos na terceira. O valor total que um campeão recebe, contando a partir da fase de grupos até a grande final, é de US$ 25 milhões (cerca de R$ 142,6 milhões).

Por fim, mesmo que caia na terceira fase da Libertadores, o time garante sua participação na segunda competição continental mais importante da Conmebol entre clubes, a Copa Sul-Americana. Os quatro times que não conseguirem passar da terceira fase da Libertadores entram diretamente nos grupos da Sul-Americana, sem necessidade de jogar as classificatórias.

Além do Fluminense, outra equipe brasileira que está nesta segunda fase da Libertadores é o América-MG, que terá pela frente o Guaraní do Paraguai. A partida de ida será nesta quarta-feira (23), no Independencia.