PT ainda tem a expectativa de que Guilherme Boulos, do Psol, retire sua candidatura ao governo paulista

 

“O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva definiu que lançará a sua pré-candidatura à Presidência da República no começo de abril, após o fim da janela partidária. A ideia é fazer um grande ato em São Paulo que reúna do ex-governador Geraldo Alckmin, que sacramentou sua ida ao PSB e será indicado vice da chapa, a integrantes do PSOL”, informa o jornalista Sérgio Roxo, em reportagem publicada no Globo.

“Alguns petistas alimentam a expectativa de que até lá o líder sem-teto Guilherme Boulos aceite retirar a sua pré-candidatura ao governo de São Paulo. Se isso acontecer, o evento servirá também para lançar o ex-prefeito Fernando Haddad ao governo paulista”, acrescenta Roxo.

O que falta ainda definir é o partido ao qual Geraldo Alckmin se filiará para ser vice de Lula. A princípio, ele ficaria no PSB, mas o partido se recusou a participar da federação com PT, PCdoB e PV.