Leandro Grass participou de congresso que discutiu soluções para agricultura familiar e a área rural do DF e Entorno

 

Neste domingo (19), no Congresso do Distrito Federal e Entorno por direito a terra, trabalho e moradia, o deputado distrital e pré-candidato ao governo do Distrito Federal, Leandro Grass (PV), defendeu a reforma agrária na região para combater a grilagem e a ocupação desordenada do solo. No evento, organizado pela Frente Nacional de Luta Campo e Cidade (FNL), também foram discutidas soluções para a agricultura familiar.

O encontro ocorreu na Rota do Cavalo, na zona rural de Sobradinho, e teve a presença de produtores e moradores de assentamentos da região. Leandro Grass destacou sua atuação em defesa da agricultura familiar. “No meu mandato, pude comprovar a importância e a força desse setor. Com a Emater, conseguimos aportar recursos para programas como de saneamento rural e o de apoio aos sistemas agroflorestais”, disse.

O deputado lamentou as dificuldades ainda comuns na produção local.”Infelizmente, o que poderia ter sido feito não aconteceu porque temos um governo que não olha para o campo e, ao mesmo tempo, faz vista grossa ao crescimento da grilagem de terras”, criticou.

Leandro Grass afirmou que “o único futuro possível para o Distrito Federal é a preservação e o fortalecimento da agricultura familiar”. Ele acrescentou que esse caminho pode ajudar a cidade a evitar novos problemas de abastecimento de água. “A crise hídrica tem relação com a ocupação desordenada do solo, com a grilagem, com o parcelamento e essa condominalização que está sendo feita no DF”, argumentou.

Para o parlamentar, essas questões impedem a gestão correta da área rural do DF, que precisa de uma “reforma agrária local”. “O DF tem espaço disponível para assentar, estimular e produzir. Temos condições de regularizar os assentamentos que estão esperando há mais de 10 anos, mas que não é feito por falta de interesse político”, apontou.

Outras medidas sugeridas por Leandro Grass para fortalecer a agricultura familiar no DF:

– Criar e ampliar o alcance de canais de irrigação;
– Expandir o saneamento rural;
– Promover soluções alternativas de produção de energia para o campo, como placas fotovoltaicas;
– Ampliar a aquisição direta dos produtos da agricultura familiar e fortalecer o programa de aquisição para a merenda escolar;
– Corrigir o atendimento da assistência social no campo e na cidade.