Ex-juiz condenado pela suprema corte brasileira como suspeito e parcial vai receber R$ 22 mil mensais sem ter cargo no partido

 O jornalista Joaquim de Carvalho, um dos mais premiados repórteres do Brasil, critica o ex-juiz suspeito Sergio Moro, que foi declarado parcial pela mais alta corte do Brasil, por estrear no Podemos já cometendo o que seria, na sua visão, um ato de corrupção, ao desviar o fundo partidário. Explica-se: Moro vai receber R$ 22 mil por mês do Podemos, sem ter qualquer cargo no partido. Confira: