Igo Estrela/Metrópoles

Bolsonaro não gostou de André Mendonça ter votado pela condenação de Daniel Silveira no julgamento do STF

Jair Bolsonaro está dando um gelo em André Mendonça, seu ex-AGU, de quem esperava submissão plena, após tê-lo feito ministro do STF.

Bolsonaro não gostou de Mendonça ter votado pela condenação de Daniel Silveira, ainda que tenha proposto uma pena menor daquela a que o deputado foi sentenciado.

O gelo que Bolsonaro está dando em Mendonça tem o objetivo, na visão do presidente, de servir como “um recado” ao ministro. Mendonça segue dizendo que acertou no voto e não se arrepende, “nem como jurista nem como cristão”.