(Foto: Alan Santos/PR | Reuters)

Lideranças do PT defendem reação à privatização da Eletrobrás

Alexandre Padilha e Wellington Dias, assim como o mercado, veem dificuldades em uma eventual reversão da privatização da Eletrobrás em 2023

www.brasil247.com -
(Foto: REUTERS/Pilar Olivares)

 Alexandre Padilha e Wellington Dias, que lideram as conversas do PT com o mercado financeiro na campanha do ex-presidente Lula, defendem uma reação do partido à privatização da Eletrobrás antes da concretização da venda da empresa.

No mercado financeiro, a avaliação é de que uma reversão da privatização da Eletrobrás em um eventual governo Lula enfrentaria dificuldades, informa o jornal O Estado de S. Paulo. Tanto pelos obstáculos jurídicos quanto pela briga que o petista teria de comprar logo no início de um governo.