Em live, presidente comentava a revogação de decretos de luto oficial quando errou o local de nascimento de Padre Cícero, religioso do Ceará

 

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), cometeu uma gafe nesta quinta-feira (3/2), durante a tradicional live que faz semanalmente nas redes sociais. Ao falar sobre a revogação de decretos de luto oficial, ele errou o local de nascimento de Padre Cícero, religioso venerado no Nordeste, e, ao comentar com assessores, os chamou de “pau de arara”, expressão considerada pejorativa.

Veja Bolsonaro comentando a revogação dos decretos:

 

No último sábado (29/1), dois dias depois de revogar 25 decretos de luto oficial editados por antecessores, Bolsonaro recuou e foi às redes sociais para anunciar que os atos anulados na sua gestão, assim como outros 97 de governos anteriores, permanecerão vigentes.

Para justificar a medida, o presidente destacou: “Tendo em vista o apelo popular para que todos esses decretos permanecessem vigentes, em respeito à história e à memória dos falecidos, tornarei sem efeito as revogações dos 122 atos, independente do governo que os decretou ou da personalidade homenageada”.

“Prejudica, mas tudo bem”

Mesmo com o recuo, o presidente criticou os decretos de luto oficial na live. Para ele, “prejudica aqui a nossa maneira de tratar com decretos”.

“Sim, prejudica, mas tudo bem. Podia estar desburocratizando isso daí, porque a homenagem ao falecido já foi prestada 10, 20, 30, 40, 50 anos atrás. Não precisava mais existir esse decreto. Mas tudo bem, republicamos o decreto, está tudo resolvido”, finalizou.