Por g1 DF e TV Globo

Um adolescente, de 17 anos, que estava na carona de uma motocicleta, morreu na tarde desta sexta-feira (28) após ser atingido por um tiro disparado por um policial militar, no Distrito Federal. Segundo a PM, o jovem “fez menção de sacar uma arma da cintura”.

O caso foi na quadra 609, na região de Samambaia Norte. De acordo com a PMDF, o condutor da moto havia furado um ponto de bloqueio, montado pelo Batalhão de Policiamento Rodoviário (BPRV), na via de ligação entre Ceilândia e Samambaia.

Mais adiante, uma outra equipe policial deu a ordem para que a moto parasse. No entanto, a dupla não teria parado.

“A ordem foi ignorada e o condutor acelerou para cima da guarnição. No mesmo momento o garupa da motocicleta fez menção de sacar uma arma da cintura, momento em que um dos policiais atirou. Só assim o condutor obedeceu a ordem de parar a motocicleta”, informou a Polícia Militar.

Segundo a PM, a arma era um simulacro de arma de fogo. O adolescente que estava na garupa morreu ao dar entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Samambaia.

A PM informou que o condutor da moto não quis falar nada na delegacia. A 26ª DP investiga o caso.