Ex-presidente Dilma é a única do meio político a aparecer entre as cinco primeiras na lista das mulheres mais admiradas, segundo Instituto Qualibest

 

Brasil de Fato – A atriz Fernanda Montenegro foi eleita a mulher mais admirada do Brasil. A conclusão é da edição de 2022 da pesquisa do Instituto Qualibest, que ouviu 1.115 pessoas de todo o país entre 18 e 27 de fevereiro. As informações são da coluna de Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo.

A ex-presidenta Dilma Rousseff (PT) aparece em quinto lugar e é a única política a entrar na lista das cinco mulheres mais admiradas. Em segundo lugar, apareceu a cantora Anitta; em terceiro, a atriz Taís Araújo; em quarto, a apresentadora Ana Maria Braga; e em sexto, a primeira-dama Michelle Bolsonaro.

Diversidade

Fernanda Montenegro liderou pelo terceiro ano seguido o ranking do Instituto Qualibest, empresa de pesquisa digital. A atriz, de 92 anos, entrou em novembro do ano passado para a Academia Brasileira de Letras (ABL).

Misoginia na política

Em 2016, Dilma sofreu um procedimento de impeachment conduzido por um Congresso Nacional formado em sua maioria por homens conservadores. Vítima de fake news, ela foi alvo de uma campanha articulada por opositores que buscavam inferiorizá-la por ser mulher.